O BOM DO FIM DE UMA PESCARIA É QUE JÁ ESTAMOS INICIANDO OS PREPARATIVOS PARA A PRÓXIMA.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Equipamentos necessários para Tucunaré

A pescaria do tucunaré, em princípio, não requer nenhum material especial. 


Pode-se usar molinete ou carretilha, vara inteiriça ou bi-partida, equipamento de fly, enfim, a flexibilidade é total.

Quando se pesca com iscas artificiais, arremessa-se o dia inteiro, é mais agradável e confortável utilizar equipamento leve.
A faixa entre 14 e 20 libras é a preferência da maioria das pessoas que pescam tucunarés. 



Normalmente, conforme vamos adquirindo experiência e confiando mais em nossas habilidades, diminuímos a resistência do equipamento.
A necessidade da compra de um equipamento sofisticado e caro, basicamente, depende da quantidade de vezes em que ele vai ser usado. Se apenas uma vez por ano, então é possível economizar algum dinheiro, visto que o material não vai estar a tantos esforços assim. Mas, a partir do momento em que a pescaria do tucunaré se torne uma constante, então vale a pena investir em algo mais resistente e duradouro.



Quando o assunto é iscas artificiais, a discussão é mais complexa, pois cada pescador acaba desenvolvendo as suas preferências. Em todo caso, é importante que se tenha, pelo menos, algumas dos três tipos: de superfície, de meia-água e de fundo.
As de superfícies recomendáveis – que ajudam a encontrar os peixes, são as de hélices e os poppers, que têm o movimento em ziguezague. 


As de meia-água, que não devem afundar mais que um metro são de preferência, aquelas que podem trabalhar de diferentes formas – tanto pela superfície como por baixo desta ,e que normalmente não têm barbelas. 


Já para as profundidades maiores, há as iscas de fundo, normalmente com barbelas ou projetadas para afundar quando caem na água.




No que se refere às cores, muitas vezes há também uma preferência pessoal, é importante lembrar que quanto mais barulho a isca fizer, menos importante será a sua cor.
Com relação aos demais equipamentos, como barcos, motores, baterias e outros, é conveniente só investir após ter se convencido de que será necessário possuí-los para pescar nos locais com infra-estrutura insuficiente.




Na maioria das vezes se acaba adquirindo uma tralha volumosa que será pouco usada, o que não justifica sua compra. Claro que essas decisões nunca são tomadas isoladamente e acabam dependendo de outros tipos de pescaria que porventura vai realizar.
Enfim, antes de sair para a pescaria de tucunaré, é importante informar-se, o máximo possível, sobre o peixe, os locais onde ele se encontra, as infra-estruturas disponíveis, os pacotes de serviços oferecidos, as condições do nível da água e tudo o mais que irá influenciar no bom ou mau resultado.




Esclarecer dúvidas, antes da pescaria, contribui para que sejam evitados problemas futuros. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário